Boca Aberta faz projeto que reduz pela METADE Salário de Políticos Brasileiros para garantir Auxílio Emergencial

PARCEIROS DO SITE


 

Boca Aberta faz projeto que reduz pela METADE Salário de Políticos Brasileiros para garantir Auxílio Emergencial

 



O Atual momento de crise financeira, por conta da pandemia, a continuidade do Auxilio Emergencial é uma das ações de extrema importância para ajudar as famílias brasileiras em estado de vulnerabilidade. Porem o governo não pode retirar direitos de outros setores essenciais, como Educação, Saúde e Segurança Publica, pensando nisso o deputado Federal Boca Aberta , fez um projeto de Lei, para que durante a pandemia, os Salários de Vereadores, Prefeitos,Vice Prefeitos, Governadores vice governadores, deputados estaduais, Federais e Senadores, bem como os assessores, secretários e ministros comissionados nomeados por eles de todo o Brasil sejam reduzidos pela metade.


A Proposta de Boca Aberta quer estender o auxilio emergencial, até que todos os brasileiros adultos tenham sido vacinados contra a Covid 19. O auxílio emergencial foi uma das medidas mais importantes de apoio à população diante da crise social, econômica e sanitária provocada pela pandemia de Covid-19.


Além de garantir renda a quase 68 milhões de famílias, o benefício impactou positivamente a economia. No primeiro trimestre de 2020, a taxa de desemprego, que ficou em 14,6% no período, teria sido de 15,3%, sem o auxílio, de acordo com estudo do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).


Tendo em vista esse cenário desolador, defendemos a continuidade do auxílio emergencial no valor de R$ 600 até que o país atinja a vacinação de todos os brasileiros. A medida destina-se a evitar que o benefício seja mais uma vez abruptamente interrompido, deixando milhões de famílias sem renda para suprir necessidades básicas para a sobrevivência.

Postar um comentário

0 Comentários