Italo Ferreira ganha primeiro ouro do surfe e do Brasil na Olimpíada

PARCEIROS DO SITE


 

Italo Ferreira ganha primeiro ouro do surfe e do Brasil na Olimpíada

 Italo Ferreira deu show e conquistou o ouro olímpico no surfeA primeira medalha de ouro da história do surfe olímpico masculino é do Brasil! Nesta terça-feira (27), Italo Ferreira atropelou o japonês Kanoa Igarashi, algoz de Gabriel Medina na semi, e confirmou o título com a somatória de 15,14 contra apenas 6,60.

Italo também é o dono da primeira medalha de ouro brasileira em Tóquio 2020. Antes dele, o país já havia conquistado duas pratas (skate) e dois bronzes (judô e natação).

O potiguar, nascido na Baía Formosa, começou com tudo e, ainda nos primeiros segundos, errou ao pousar na água e sua prancha se partiu. Mas a troca não o desestabilizou e, logo na primeira onda com o novo instrumento, ele conseguiu uma nota 7.

Enquanto Igarashi errava nas escolhas de onda, Italo simplesmente não escolhia. E entrava em todas as que enxergava potencial. Não à toa, conseguiu um 7,77 para juntar ao 7 e colocou o japonês, à essa altura com só 5,56, na combinação, precisando de duas boas ondas para voltar à disputa.

O japonês, que conseguiu uma virada impressionante contra Medina, dessa vez nem ameaçou Italo, que conseguiu nova nota excelente: 7,37, substituindo o 7 em seu somatório. E foi só esperar o fim do tempo para confirmar o ouro do Brasil!

Currículo de Italo recheado de conquistas

Italo comemora ouro em Tóquio 2020

Italo comemora ouro em Tóquio 2020

LISI NIESNER/REUTERS - 27.07.2021

Campeão mundial de surfe em 2019, o potiguar vive, desde então, a melhor fase na carreira, coroada agora com o ouro olímpico.

Em Tóquio, Ítalo fez uma campanha impecável. E venceu a primeira bateria na história do surfe olímpico, ao ficar na frente de Hiroto Ohhara (Japão), Leonardo Fioravanti (Itália) e Leandro Usuna (Argentina). Nas oitavas, ele despachou Billy Stairmand, da Nova Zelândia, por 14,54 a 9,67. Nas quartas de final, voltou a superar Hiroto Ohhara, por 16,30 a 11,90. Nessa prova, Ítalo obteve a impressionante nota de 9,73 na primeira onda.

Na semifinal, ganhou do australiano Owen Wright por 13,17 a 12,47. E na decisão, bateu o japonês Kanoa Igarashi por 15,14 a 6,60.


Postar um comentário

0 Comentários