Governo e municípios discutem soluções para a gestão dos resíduos sólidos

PARCEIROS DO SITE


 

Governo e municípios discutem soluções para a gestão dos resíduos sólidos

 


O secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, se reuniu com representantes municipais, profissionais do órgão ambiental estadual e integrantes do R20, grupo consultivo que busca soluções relacionadas aos resíduos sólidos. -  Curitiba, 17/08/2021  -  Foto: SEDEST
© SEDEST

Discutir ações para execução do Plano Estadual dos Resíduos Sólidos foi o objetivo da reunião do secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, com representantes dos municípios e profissionais do Instituto Água e Terra (IAT). Também participaram integrantes do R20, grupo consultivo que busca soluções relacionadas aos resíduos sólidos.

O encontro aconteceu na Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), nesta segunda-feira (16). É a segunda reunião desde a sanção, pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, do Plano Estadual de Resíduos Sólidos, que busca contribuir para a elaboração das políticas públicas voltadas ao setor.

O secretário Márcio Nunes destacou que os encontros serão mensais e se destinam a ouvir as demandas dos municípios. “Estamos fazendo um bate-papo para conhecer quais são os problemas e o que podemos fazer para resolvê-los”, afirmou Nunes. Ele lembrou que é preciso, também, ter uma participação efetiva da população nas políticas públicas.

Para o diretor-presidente do IAT, Everton Souza, é um avanço conseguir dar andamento à solução de problemas referentes à gestão de resíduos sólidos no Paraná. “Esse problema grave do ponto de vista ambiental assola todo o Brasil”, disse.



  • TEMÁTICAS – O coordenador de Projetos Sustentáveis do IAT, Julio Cezar Rietow, apresentou o conceito do projeto Lixo 5.0, que surgiu dentro da proposta de inovação, novos processos e diminuição da burocracia do órgão ambiental paranaense.

“A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo e o IAT têm trabalhado de forma intensiva em iniciativas que buscam a melhoria do gerenciamento de resíduos sólidos”, disse. “Estamos trazendo um novo conceito que tem como objetivo acompanhar estudos e certificar tecnologias ou processos de tratamento de resíduos sólidos nos municípios paranaenses”.

Também foram apresentadas outras iniciativas, como o apoio para formação de consórcios regionais, criação de políticas de educação ambiental, e equipamentos que ajudam a melhorar a reciclagem.

De acordo com o diretor de Políticas Ambientais da Secretaria, Rafael Andreguetto, no primeiro encontro foi feita uma apresentação do Plano Estadual dos Resíduos Sólidos, como a secretaria estadual trabalha essa questão e como o IAT operacionaliza e executa os processos. “Essas reuniões têm a intenção de tratar de temas novos e, ao mesmo tempo, abrir para um debate maior, em que todos os municípios possam se manifestar”, afirmou.

Postar um comentário

0 Comentários