Taliban toma capital provincial e mata porta-voz do governo afegão

PARCEIROS DO SITE


 

Taliban toma capital provincial e mata porta-voz do governo afegão

 

CABUL (Reuters) – O Taliban tomou a capital de uma província afegã e assassinou a principal autoridade de mídia do governo em Cabul nesta sexta-feira, desferindo dois golpes contra o governo apoiado pelo Ocidente.

Um porta-voz da polícia na província de Nimroz, no sul, disse que a capital, Zaranj, caiu nas mãos dos islâmicos linha-dura devido à falta de reforços por parte do governo.

O Taliban, que luta para reimpor a lei islâmica rigorosa desde que foi expulso por forças lideradas pelos Estados Unidos em 2001, acelera a campanha para derrotar o governo apoiado por Washington enquanto as forças estrangeiras finalizam sua retirada após 20 anos de guerra.

Os insurgentes têm tomado dezenas de distritos e cruzamentos fronteiriços nos últimos meses e pressionado várias capitais provinciais, incluindo Herat, no oeste, e Kandahar, no sul, enquanto as forças estrangeiras se retiram.

Zaranj foi a primeira capital provincial a cair nas mãos do grupo desde que os Estados Unidos chegaram a um acordo com o Taliban, em fevereiro de 2020, para a retirada das tropas norte-americanas. Uma fonte local disse que o Taliban tomou posse do gabinete do governador, da sede da polícia e de um acampamento perto da fronteira iraniana.

Em Cabul, os combatentes do Talibã mataram Dawa Khan Menapal, chefe do Centro de Mídia e Informação do governo, a morte mais recente de uma série de assassinatos que tem por objetivo enfraquecer o governo democraticamente eleito do presidente afegão, Ashraf Ghani.

(Da redação do Afeganistão)

Postar um comentário

0 Comentários