Oito pistolas e 22 carregadores são apreendidos pelo BPFron em ônibus no Oeste do Estado

PARCEIROS DO SITE


 

Oito pistolas e 22 carregadores são apreendidos pelo BPFron em ônibus no Oeste do Estado

  Oito pistolas e 22 carregadores são apreendidos pelo BPFron em ônibus de viagem no Oeste do estado  -  Curitiba, 06/09/2021  -  Foto: PMPR

© PMPR

 


Policiais militares do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) prenderam duas mulheres que transportavam oito pistolas, algumas delas customizadas e duas com detalhes em ouro, além de 22 carregadores em um ônibus de viagem que tinha como destino a cidade do Rio de Janeiro (RJ). A ação policial aconteceu no domingo (05) na cidade de São Miguel do Iguaçu, no Oeste do Paraná, durante as atividades da Operação Hórus.

O comandante do BPFron, tenente-coronel André Cristiano Dorecki, explicou que a apreensão desses objetos ilícitos dificulta a ação de criminosos. “O que chamou atenção nessa apreensão é que algumas peças são banhadas a ouro, o que demonstra que tais materiais, possivelmente, seriam encaminhados ao crime organizado. Com isso, evitou-se não só que tal fato ocorresse, mas também que várias vidas deixassem de correr risco, já que essas armas não chegaram às mãos de traficantes e outros criminosos”, afirmou.

De acordo com as informações repassadas pela unidade, a equipe do BPFron estava em patrulhamento quando fez uma abordagem de rotina a um ônibus interestadual. Durante a revista aos passageiros nada de ilícito foi localizado, porém ao verificar o bagageiro foi constatado que duas malas estavam muito pesadas e que havia um compartimento sem acesso.

Diante da suspeita, os policiais militares analisaram melhor as malas e, ao abri-las, com a presença das proprietárias, foram localizadas as armas de fogo e os carregadores. Ao todo, havia sete pistolas de calibre 9mm, uma pistola de calibre .40, sendo que duas armas tinham detalhes em ouro, além de 12 carregadores de pistola e 10 carregadores de fuzil de calibre 5,56.

Ainda segundo as informações do BPFron, as armas e os carregadores foram fixados com espuma expansiva no fundo falso da mala, fazendo assim com que os materiais não se movessem. Segundo o BPFron, aos policiais militares, as mulheres teriam relatado que pegaram as malas em Cidade do Leste, no Paraguai, e receberiam R$ 5 mil para levar até a cidade do Rio de Janeiro. Durante a abordagem a dupla também confessou que apresentou documentos falsos. Sendo assim, ambas as mulheres foram presas e encaminhadas, juntamente com todo armamento, para as medidas necessárias.

Postar um comentário

0 Comentários