Fla supera desconfiança, vence Galo e ainda sonha com título brasileiro

PARCEIROS DO SITE


 

Fla supera desconfiança, vence Galo e ainda sonha com título brasileiro

  Michael bateu firme no canto de Everson para marcar o gol da vitória do Flamengo
O Flamengo se recuperou da eliminação vexatória na Copa do Brasil, fez as pazes com a torcida e venceu o Atlético-MG neste sábado (30), no Maracanã, em confronto direto pela ponta da tabela do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro fez o gol da vitória com Michael, no primeiro tempo, e fica momentaneamente na segunda colocação. 

Com o resultado, a distância entre Flamengo e Galo diminui para dez pontos. A equipe carioca tem ainda dois jogos a menos para descontar e pode encurtar ainda mais a diferença de pontos em relação ao líder. No momento, o Atlético-MG segue liderando o Brasileirão, com 59 pontos. Assim como o Rubro-Negro, Palmeiras e RB Bragantino têm 49. 

Flamengo e Atlético-MG fizeram uma partida quente no Maracanã. Com polêmicas nos bastidores, a temperatura dentro do campo acompanhava a rivalidade que se criou entre as duas equipes. Não foram poucas as vezes em que os jogadores se aglomeraram e trocaram farpas e empurrões.

Nesse cenário de guerra, o primeiro tempo foi de muita correria, mas poucas chances de gol. O Flamengo, empurrado pelos torcedores, chegou ao gol com Michael, o talismã de Renato Gaúcho. O Rubro-Negro começou a jogada com Arão, que lançou para Isla na direita. O lateral levantou para a área, Bruno Henrique escorou e o atacante Michael entrou sozinho, nas costas de Guga, e chapou no canto esquerdo de Everson.

Depois do gol, o Flamengo recuou suas linhas e preenchia o meio de campo para dificultar as armas ofensivas mais perigosas do Galo. Hulk pouco conseguiu ser acionado e, como sempre, o lado esquerdo do ataque atleticano era o mais perigoso, com a dobradinha Keno e Guilherme Arana infernizando o setor de Isla. 

Galo fica no quase

Na volta do intervalo, o Galo conseguiu criar situações mais claras de gol, e a grande oportunidade da equipe mineira foi com Guilherme Arana. Em contragolpe veloz, Jair recebeu na ponta direita e cruzou na segunda trave. O lateral subiu mais alto que Isla e testou firme no contrapé de Diego Alves, mas a bola acabou pegando no travessão. 

Depois da chegada mais perigosa, o jogo caiu em intensidade. Preocupado em manter o resultado, o Flamengo administrava o jogo e cadenciava o ritmo da partida. O Galo tentava na raça, cruzava bolas na área após a entrada de Diego Costa, mas não conseguia ameaçar a meta de Diego Alves.

Quem quase chegou ao gol no final acabou sendo o Flamengo, com um nome improvável: Rodinei. Vitinho ganhou no alto e a bola ficou oferecida para o lateral-direito, que disparou em velocidade e carimbou a trave de Everson. 

Próximos confrontos

Ambos os times voltam a campo no meio de semana, para jogos atrasados do Campeonato Brasileiro. O Flamengo viaja para Curitiba para pegar o Athletico, na Arena da Baixada, na terça-feira (2), às 16h. Já o Galo recebe o Grêmio, no Mineirão, no dia seguinte, às 21h. 

Postar um comentário

0 Comentários