Paraná divulga 1.704 novos casos e 50 mortes por covid-19

PARCEIROS DO SITE


 

Paraná divulga 1.704 novos casos e 50 mortes por covid-19

  A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta segunda-feira (4) mais 1.704 casos e 50 mortes por covid-19 no Paraná. Os números são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas.

Os dados acumulados do monitoramento mostram que o estado soma 1.512.060 casos e 39.040 mortes pela doença.

Os casos confirmados divulgados nesta data são de outubro (251), setembro (1.160), agosto (126), julho (62), junho (77), maio (25) e abril (1) de 2021, e de novembro (1) e setembro (1) de 2020.

As mortes divulgadas nesta segunda-feira são de outubro (10), setembro (21), agosto (5), julho (5), junho (4), maio (4) e abril (1) de 2021.

Internados

De acordo com o informe, 593 pacientes com diagnóstico confirmado de covid-19 estão internados. São 468 em leitos SUS (284 em UTI e 184 em clínicos/enfermaria) e 125 em leitos da rede particular (72 em UTI e 53 em clínicos/enfermaria).

Há outros 1.257 pacientes internados, 707 em leitos UTI e 550 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Mortes

A Sesa informa a morte de mais 50 pacientes: 14 mulheres e 36 homens, com idades que variam de 29 a 95 anos. As mortes ocorreram entre 9 de abril e 4 de outubro de 2021.

Os pacientes que morreram residiam em Curitiba (12), Londrina (7), São José dos Pinhais (3), Ponta Grossa (3), Santo Antônio da Platina (2), Nova Aurora (2), Colombo (2) e Cascavel (2).

O boletim registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: União da Vitória, Siqueira Campos, Presidente Castelo Branco, Porto Amazonas, Pinhais, Paranaguá, Marechal Cândido Rondon, Loanda, Lapa, Ibiporã, Ibaiti, Guaporema, Guapirama, Cruz Machado, Assis Chateaubriand, Apucarana e Almirante Tamandaré.

Confira o informe completo.

Informações da Agência Estadual de Notícias

Postar um comentário

0 Comentários