Brasil resiste à pressão e empata com a Argentina fora de casa

PARCEIROS DO SITE


 

Brasil resiste à pressão e empata com a Argentina fora de casa

 


A Argentina decidiu levar o maior clássico do futebol mundial para um acanhado estádio em San Juan, no norte do país. A intenção era criar um clima ainda mais hostil para os jogadores do Brasil. Não deu lá muito certo. A seleção brasileira sobreviveu à pressão e empatou por 0 a 0, pela 14ª rodada das Eliminatórias.

O Brasil havia conseguido a classificação para a 22ª edição da Copa do Mundo ainda na rodada anterior, na partida contra a Colômbia. Apesar do empate em casa, a Argentina garantiu a classificação para a Copa do Mundo do Catar após o Equador vencer o Chile por 2 a 0. O time verde-amarelo tem 35 pontos, seis a mais que o vice-líder.

A equipe do técnico Tite estava bastante modificada em relação ao seu time principal. Sem Thiago Silva (poupado), Casemiro (suspenso pelo segundo cartão) e Neymar (lesionado), Éder Militão, Fabinho e Raphinha ganharam as suas chances. Esse último levou uma cotovelada criminosa de Otamendi, que, apesar do VAR, sequer recebeu cartão amarelo.

O primeiro tempo terminou sem gols, mas com boas chances criadas de ambos os lados. Vinicius Jr. perdeu pelo menos duas grandes oportunidades, e Matheus Cunha, arriscou um chute do meio de campo. De Paul exigiu grande defesa de Alisson, e Di Maria desfilou sua magia com um lindo drible sobre Vini Jr. O craque Lionel Messi esteve sumido.

A segunda metade da partida andava fria, até que o grande personagem do jogo, Vini Jr., também mostrou o seu talento e aplicou um lindo chapéu, de carretilha, sobre Molina. A dona da casa, inclusive, passou a distriburi pontapés, com algumas entradas mais duras. Matheus Cunha, por exemplo, foi um dos que mais sofreu com as entradas violentas.

Já perto dos acréscimos, Messi arrancou em sua jogada mais característica e chutou forte. Bem colocado, Alisson fez a defesa em dois tempos e garantiu o placar zerado.

Até 2022

As Eliminatórias agora voltaram só em janeiro do próximo ano. Já pela 15ª das 18 rodadas por jogar, a Argentina terá pela frente a partida contra o Chile; enquanto o Brasil pegará o Equador, também fora de casa.

Argentina 0x0 Brasil

Data- Hora: 16-11-2021 - 20h30 (horário de Brasília)
Estádio: Bicentenário, em San Juan (ARG)
Árbitro: Andres Cunha (URU)
Assistentes: Richard Trinidad (URU) e Nicolas Taran (URU)
VAR: Esteban Ostoijich (URU)

Cartões amarelos: Paredes, Romero, Pezzella, Acuña (ARG), Lucas Paquetá, Fabinho (BRA)

ARGENTINA: Emiliano Martínez; Molina, Romero (Pezzella, 7/2T), Otamendi e Acuña; Paredes (Lisandro Martínez, intervalo), De Paul e Lo Celso (Domínguez, 40/2T); Messi, Lautaro Martínez (Joaquín Correa, intervalo) e Di María (Julián Álvarez, 28/2T). Técnico: Lionel Scaloni

BRASIL: Alisson; Danilo, Marquinhos, Éder Militão e Alex Sandro; Fabinho, Fred e Lucas Paquetá (Gerson, 33/2T); Raphinha (Antony, 23/2T), Matheus Cunha (Gabriel Jesus, 40/2T) e Vinicius Júnior. Técnico: Tite



Postar um comentário

0 Comentários