São Paulo vence Palmeiras e respira longe da zona de rebaixamento

PARCEIROS DO SITE


 

São Paulo vence Palmeiras e respira longe da zona de rebaixamento

 


O torcedor do São Paulo estava ressabiado com o clássico desta quarta-feira (17), contra o Palmeiras, no Allianz Parque. Depois de uma ótima apresentação pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time pôde comemorar a vitória por 2 a 0 sobre o rival e contabilizar mais um passo importantíssimo na luta para fugir da ameaça de rebaixamento à Série B.

O risco de cair pela primeira vez ainda é real, mas o resultado deixou o São Paulo com 41 pontos, cinco a mais que o Bahia, que abre a zona de rebaixamento, o Z4, mas ainda joga na rodada — enfrenta o Sport nesta quinta, na Arena Pernambuco. O Palmeiras se manteve com 58 pontos, 13 a menos que o líder Atlético-MG.

De olho na final da Libertadores, daqui a dez dias, contra o Flamengo, o técnico Abel Ferreira mandou praticamente a equipe reserva a campo — apenas com o goleiro Weverton do time titular. Do outro lado, Rogério Ceni aproveitou o retorno de jogadores lesionados, como o meia Gabriel Sara, para escalar o que tinha de melhor.

O gol do São Paulo nasceu de um chutão do goleiro Tiago Volpi. Aos 23 minutos, Luciano conseguiu desviar a bola e deixar o próprio Gabriel Sara com o campo aberto para avançar, limpar a marcação de Patrick de Paula e acertar um belo chute de fora da área, sem chances para Weverton.

Na volta do intervalo, o Tricolor continuou com maior ofensividade e foi beneficiado aos 15 minutos. Patrick de Paula se atrapalhou na saída de bola, Luciano roubou e avançou sozinho e chutou para marcar o segundo dos visitantes. Foi o primeiro gol do atacante depois de 11 partidas.

Postar um comentário

0 Comentários