Alta de casos da variante Ômicron faz mais 800 voos serem cancelados nos EUA

PARCEIROS DO SITE


 

Alta de casos da variante Ômicron faz mais 800 voos serem cancelados nos EUA

 

Aeroporto internacional John F. Kennedy International em Nova York
Aeroporto internacional John F. Kennedy International em Nova York

26/12/ 2021. REUTERS/Jeenah Moon

As companhias aéreas norte-americanas cancelaram mais cerca de 800 voos nesta segunda-feira, após suspenderem milhares de voos durante o fim de semana prolongado de Natal, conforme os casos da variante Ômicron aumentam em todo o país e forçam as tripulações a se isolar e os viajantes a buscar outras formas de viagem.

As ações da American Airlines Group, United Airlines Holdings, Delta Air Line e Southwest Airlines caíam entre 2% e 3% nas negociações de pré-abertura.

Quase 740 voos dentro, para ou dos Estados Unidos foram cancelados na manhã desta segunda-feira, mostrou uma contagem no site de rastreamento de voos FlightAware.com.

Os cancelamentos de voos nesta segunda-feira somam-se aos mais de 3 mil durante o fim de semana prolongado de Natal, normalmente um período de pico de viagens para os norte-americanos.

Com o aumento das infecções, as companhias aéreas foram forçadas a cancelar os voos, com pilotos e tripulantes precisando ficar em quarentena, enquanto o mau tempo em algumas áreas agravou os problemas dos viajantes.

Delta, United, Southwest e American não responderam de imediato a pedidos de comentários da Reuters.

As operadoras de cruzeiros Norwegian Cruise Line Holdings, Royal Caribbean Cruises Ltd e Carnival Corp também caíam entre 1,3% e 2,4% durante o período.

No fim de semana, pelo menos três cruzeiros foram forçados a retornar ao porto depois que casos de Covid-19 foram detectados a bordo, de acordo com relatos da imprensa.

As empresas de viagens Booking Holdings, Airbnb, Expedia Group e Tripadvisor tinham queda entre 0,6% e 1,8%.

Postar um comentário

0 Comentários