Avião com passageiros faz pouso de emergência por falta de combustível

PARCEIROS DO SITE


 

Avião com passageiros faz pouso de emergência por falta de combustível

 

De Havilland no local do pouso de emergência

De Havilland no local do pouso de emergência

O voo 223 da Air Tindi, um DHC-6 Twin Otter, fez um pouso de emergência na área de Bluefish Creek, cerca de 12,4 km a noroeste de Fort Providence, Território do Noroeste, no Canadá.

A causa provável do desligamento dos motores em pleno voo foi falta de combustível. 

As informações são do Aviation Safety Network.

O voo 8T-223 de Yellowknife para Fort Simpson, no Canadá, tinha três passageiros e dois tripulantes. 

A aeronave decolou do aeroporto de Yellowknife às 17h48 (hora local) e, aproximadamente 40 minutos após o início do voo, uma perda de potência do motor forçou a tripulação a fazer um desvio para Fort Providence.

No círculo, o local do pouso forçado. E o aeroporto no fim da linha amarela

No círculo, o local do pouso forçado. E o aeroporto no fim da linha amarela

AVH - GOOGLE EARTH

Não houve feridos entre a tripulação ou os passageiros. Aproximadamente oito horas após o pouso forçado, todos os ocupantes foram resgatados.

De acordo com o Aviation Herald, o departamento de combate a incêndio voluntário de Fort Providence relatou que a aeronave parecia intacta. 

O avião parou em um pântano coberto por alguns centímetros de gelo, que não resistiu ao peso da aeronave. O local do pouso foi tomado pela água do pântano, com cerca de 60 cm de profundidade. A equipe de resgate caminhou até a aeronave e levou os ocupantes em segurança durante a noite através do pântano.

A ocorrência – em 1º de novembro último – foi classificada de acidente, e uma investigação foi aberta pelo órgão regulador do Canadá.

Postar um comentário

0 Comentários