Chuvas deixam mais de 31 mil desabrigados no sul da Bahia

PARCEIROS DO SITE


 

Chuvas deixam mais de 31 mil desabrigados no sul da Bahia

 

Imagem aérea mostra a situação de Itapetinga, na Bahia, com a inundação

Imagem aérea mostra a situação de Itapetinga, na Bahia, com a inundação

MANUELLA LUANA/AFP - 27.01.2021

O número de pessoas afetadas pelas fortes chuvas que atingiram o sul da Bahia nos últimos dias subiu de 430 mil para 470 mil, segundo balanço divulgado na tarde desta segunda-feira (27) pela Sudec (Superintendência de Proteção e Defesa Civil) do estado. Entre os afetados, o número de desabrigados praticamente dobrou em poucas horas, passando de 16 mil, no domingo (26), para 31.405 nesta segunda. Já o número de desalojados é de 31.391.

Outro dado atualizado foi o de municípios afetados: 116. As cidades que decretaram situação de emergência agora chegam a cem, superando as 72 do balanço anterior.

Os alagamentos e desabamentos decorrentes das fortes chuvas continuam provocando vítimas. Nesta segunda, o total de óbitos chegou a 20 com a confirmação da morte de Felipe Duarte Garcia, de 21 anos, levado pela correnteza, e de Maria das Neves Souza dos Santos, de 33 anos, vítima de um desabamento na casa onde morava.

Ambos os casos são de Itabuna, uma das cidades mais afetadas pela chuvas e onde o rio Cachoeira transbordou. De acordo com a Defesa Civil, só no sábado choveu 135 milímetros na cidade. Para se ter uma ideia da quantidade de água, a média para o mês todo é de 180. No domingo a chuva não parou e o nível do rio subiu mais meio metro. O resultado: casas debaixo d'água e ruas completamente alagadas. E eram esperadas mais chuvas na tarde desta segunda-feira no município.

As mortes foram registradas em: Amargosa (2), Itaberaba (2), Itamaraju (4), Jucuruçu (3), Macarani (1), Prado (2), Ruy Barbosa (1), Itapetinga (1), Ilhéus (1), Aurelino Leal (1) e Itabuna (2). Além das mortes, foram registrados 358 feridos em todo o estado.

Postar um comentário

0 Comentários