Em Londrina, Filipe Barros mantém pré-candidatura ao governo do Paraná

PARCEIROS DO SITE


 

Em Londrina, Filipe Barros mantém pré-candidatura ao governo do Paraná

 

O deputado federal Filipe Barros (PSL) afirmou que sua pré-candidatura ao governo do Paraná será mantida até que o governador Ratinho Junior (PSD) decida anunciar qual candidato à presidência da República apoiará em 2022. A afirmação foi feita durante o Congresso Brasil Profundo, que reuniu cerca de 800 pessoas na zona norte de Londrina na manhã deste sábado (12). Organizado pelo Instituto Conservador-Liberal e pelos movimentos Direita Paraná e Paraná Conservador, o evento foi aberto pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (União Brasil-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PL). Entre os palestrantes convidados estão diversas personalidades do conservadorismo no País, como a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) e o cientista político e ex-BBB Adrilles Jorge.   

Em entrevista concedida pouco antes da abertura do congresso, que teve início às 9h30, Barros afirmou que sua pré-candidatura ao governo do Paraná está sendo apoiada pelo presidente da República. “A deliberação do presidente Bolsonaro é mantermos a nossa pré-candidatura. Isso pode ser alterado? Pode. Mas pretendemos mantê-la até que o governo atual se posicione. Até o momento, Ratinho tem dito nos bastidores que irá apoiar todos os candidatos à presidência, ou seja, não apoiará ninguém na prática. O que ele quer é o apoio de todos, mas não quer se indispor com ninguém. É preciso que ele se posicione. Caso não haja uma posição clara do governador, nós manteremos a minha candidatura”, enfatizou. 

Barros ressaltou sua pré-candidatura ao governo do Paraná seria debatida  com os participantes do Congresso Brasil Profundo. "Falaremos sobre isso aqui. Eu na minha própria fala e outros convidados também falarão dentro desse planejamento a longo prazo que nós fizemos”, destacou ao salientar a importância do evento que pretende reunir lideranças e eleitores de direita em todos estados brasileiros no primeiro semestre deste ano. “Trata-se de uma série de eventos que têm como objetivo reunir políticos, influenciadores, jornalistas, além de diversas personalidades conservadoras para debater o Brasil que nós queremos, para debater os nossos problemas e possíveis soluções”. 

Bonde.  


Postar um comentário

0 Comentários