Pessoa mais velha do mundo morre aos 119 anos no Japão

PARCEIROS DO SITE


 

Pessoa mais velha do mundo morre aos 119 anos no Japão

 

Kane Tanaka, que nasceu em 1903, celebra o seu então 117º aniversário em Fukuoka, no Japão, em 5 de janeiro de 2020 — Foto: Kyodo via Reuters

Kane Tanaka, que nasceu em 1903, celebra o seu então 117º aniversário em Fukuoka, no Japão, em 5 de janeiro de 2020 — Foto: Kyodo via Reuters

Uma japonesa reconhecida como a pessoa mais velha do mundo faleceu aos 119 anos, anunciaram nesta segunda-feira (25) as autoridades locais. Segundo a agência de notícias AFP, Kane Tanaka morreu no dia 19 de abril.

Kane Tanaka nasceu em 2 de janeiro de 1903 na região de Fukuoka (sudoeste do Japão), no mesmo ano em que Marie Curie se tornou a primeira mulher a vencer um Prêmio Nobel.

Tanaka tinha uma saúde relativamente boa até recentemente e morava em uma casa de repouso, onde gostava de jogos de tabuleiro, de resolver problemas matemáticos, de tomar refrigerantes e de comer chocolate.

Na juventude, ela teve vários negócios, incluindo uma loja de macarrão e uma de bolos de arroz. Kane se casou com Hideo Tanaka há um século, em 1922, com quem teve quatro filhos e adotou um quinto.

Considerada a mulher mais velha do mundo pelo livro dos recordes, a japonesa Kane Tanaka, de 116 anos, posa com chocolates que trazem o nome das eras japonesas. Tanaka nasceu durante a era Meiji, época de grande transformação no Japão. — Foto: Ryosuke Uematsu/Kyodo News via AP

Considerada a mulher mais velha do mundo pelo livro dos recordes, a japonesa Kane Tanaka, de 116 anos, posa com chocolates que trazem o nome das eras japonesas. Tanaka nasceu durante a era Meiji, época de grande transformação no Japão. — Foto: Ryosuke Uematsu/Kyodo News via AP


Ela pretendia usar uma cadeira de rodas para participar no revezamento da tocha dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021, mas a pandemia impediu sua presença.

Postar um comentário

0 Comentários