Ratinho Junior foge de servidores enfurecidos em Ponta Grossa

PARCEIROS DO SITE


 

Ratinho Junior foge de servidores enfurecidos em Ponta Grossa

 Ratinho Junior, em fotomontagem de galinha, em fuga

A fuga do governador Ratinho Junior, segundo os servidores públicos em PG 

Conta a excelente repórter Mareli Martins, em seu blog, que o governador Ratinho Junior (PSD) fugiu nesta segunda-feira (30/05), em Ponta Grossa, de enfurecidos servidores públicos estaduais.

Ratinho Junior foi hoje ao município dos Campos Gerais participar de um evento ao lado da prefeita Elizabeth Schmidt (PSD).

Os servidores estaduais cobram a reposição salarial de acordo com os índices da inflação de 2021, que fechou em 10,06%. Ratinho Junior concedeu apenas 3% de reposição aos professores e demais categorias.

Os servidores levaram faixas de protesto e foram impedidos – a pedido do governador – de participar da cerimônia realizada na Vila San Martin.

No evento promovido pelo governador, só houve aplausos porque os que discordavam foram barrados pelo lado de fora.

De acordo com apuração de Mareli Martins, Ratinho Junior anunciou empréstimo R$ 72,42 milhões que são recursos do programa federal de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), ou seja, são valores oriundos de empréstimo da Prefeitura de Ponta Grossa junto à Caixa Econômica Federal.

Ainda foram retirados do local outros manifestantes que tentaram participar da cerimônia.

– Senhor governador pague a nossa data-base. Não é aumento e sim reposição a inflação. Estamos há seis anos sem reposição – dizia uma das faixas de protesto dos servidores, que lamentaram mais uma fuga de Ratinho Junior.

Em sabatina da Folha/UOL, na manhã de hoje, o pré-candidato do PSDB ao governo do Paraná, César Silvestri, disse que Ratinho Junior erra ao considerar “adversários políticos” os servidores públicos que reivindicam correção salarial.

O município de Ponta Grossa, a 110 km de Curitiba, nos Campos Gerais, tem 355 mil habitantes. É o quarto mais populoso do Paraná.

Postar um comentário

0 Comentários