SAMU Norte Pioneiro tem nova gestão administrativa

PARCEIROS DO SITE


 

SAMU Norte Pioneiro tem nova gestão administrativa

 

Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet











Na manhã desta segunda-feira (16), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Norte Pioneiro passou para uma nova gestão operacional. A região é composta por 43 municípios, contendo uma população aproximada de 600 mil pessoas.

A nova administração é a empresa EZCO, especializada em Gestão de Saúde. Devido ocorrências anteriores com a antiga empresa, OZZ, a nova gestão enviou um comunicado aos funcionários, fornecedores e demais envolvidos no serviço.

Em nota a empresa anuncia o início das atividades e tranquiliza os servidores. “A EZCO Gestão em Saúde vem a público informar que iniciou às 07h00 de hoje a gestão operacional do SAMU Norte Pioneiro, por meio do contrato de serviços Nº 029/2022. Desta forma, queremos tranquilizar prefeitos, gestores públicos, equipes médicas e colaboradores do SAMU Norte Pioneiro, no sentido de realizar o trabalho com transparência e qualidade, buscando atender às atuais necessidades da melhor maneira possível neste serviço essencial à população”.

Ainda em nota, a empresa esclarece que irá realizar um estudo para dar sequência de forma transparentemente nos serviços. “Estaremos também realizando um amplo diagnóstico operacional, técnico e logístico para melhor compreender os entraves desta operação e as práticas necessárias a sua melhoria continuada e, para isso, o diálogo constante com as equipes das bases do SAMU Norte Pioneiro, com gestores públicos e com a população sé imprescindível. Os próximos dias serão fundamentais, para que a partir dos princípios éticos, de transparência, de diálogo e de qualidade, possamos realizar esta transição de contrato e iniciar uma nova era no SAMU Norte Pioneiro”, diz a nota.

CISNOP

O presidente do Cisnop e prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edmar Santos, pronunciou na sexta-feira (13), dizendo que, em reunião entre os consórcios intermunicipais de Saúde do Norte Pioneiro e Norte do Paraná (CISNORPI e CISNOP) e com os prefeitos da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (AMUNOP) decidiram romper o contrato com antiga gestora, OZZ Saúde, e contratar a EZCO de forma emergencial por 90 dias.

Conforme a nota oficial divulgada pela equipe SAMU Norte Pioneiro, a equipe médica está sem receber desde março, além de juros e multas em atraso.  Os demais funcionários estão recebendo com atraso desde janeiro deste ano. Este mês, maio, até o momento, nada foi pago, nem mesmo o vale-alimentação.  

Uma audiência está agendada com o Ministério Público do Trabalho para a próxima quinta-feira, (19), para que possa ser regularizado os pagamentos salariais de funcionários, equipe médica e fornecedores que atuam para o SAMU e estão sem receber, devido a transtornos com a empresa anterior.

 

Por redação com EZCO/ e folha extra

Continua depois da publicidade

Postar um comentário

0 Comentários