Policiais militares que estavam em serviço morrem após capotamento

PARCEIROS DO SITE


 

Policiais militares que estavam em serviço morrem após capotamento

 


 

Dois policiais militares que estavam em serviço morreram após um capotamento, na BR-487, em Umuarama, na região noroeste do Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente foi registrado na noite de segunda-feira (11).

 

A Polícia Militar (PM) informou que os soldados Ramon Pastori Goulart, de 27 anos, e Fabiano Sobrinho, de 30 anos, estavam retornando de Icaraíma, no noroeste, onde participaram de investigações sobre um suposto crime que estaria acontecendo na cidade.

 

Os agentes estavam em um carro descaracterizado. A PM informou que o motorista perdeu o controle da direção em um trecho onde termina o asfalto e se inicia um carreador. Com isso, o veículo capotou.

 

Os dois policiais não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

A Polícia Militar disse que os soldados trabalhavam em prol da sociedade, sem medir esforços no combate ao crime.

 

"Jovens profissionais íntegros e dedicados que nos deixam. Somos gratos aos Soldados Pastori e Sobrinho", afirmou por meio de nota.

 

Quem eram as vítimas?

 

Ramon Pastori Goulart tinha 27 anos e era natural de Iporã, cidade do noroeste do estado. O soldado ingressou na PM em 2013. Atualmente, Ramon atuava na Agência Local de Inteligência do 25º Batalhão.

 

Fabiano Sobrinho, de 30 anos, também fazia parte da Agência Local de Inteligência do 25º Batalhão. Ele ingressou na PM em 2016 e é natural de Goioerê, também no noroeste do estado. Ele deixa um filho de cinco anos.

 

"Se dedicavam inteiramente ao serviço e amavam o trabalho que faziam na Polícia Militar. Os policiais eram conhecidos por sua bondade e amor à vida, ambos muito queridos por todos os colegas de farda", escreveu o comando do 25º BPM.

 

FONTE – G1 PR

 

Postar um comentário

0 Comentários