Padre é suspenso por abençoar manifestantes em Wenceslau Braz

PARCEIROS DO SITE


 

Padre é suspenso por abençoar manifestantes em Wenceslau Braz

Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Uma polêmica tomou conta das redes sociais nesta quarta-feira (09) entre os moradores do município de Wenceslau Braz. Tudo começou após um padre ser suspenso de suas atividades.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, o Bispo da Diocese de Jacarezinho, Dom Antônio Braz, informou que o padre brazense Carlos Eduardo Casprov, da Paróquia São José, está suspenso de suas atividades, inclusive da celebração de missas pelo prazo de 30 dias.

A motivação da decisão seria porque o padre brazense teria ido até uma manifestação, realizada na semana passada, onde populares trancaram a rodovia PR-092. O padre teria realizado a benção dos manifestantes, o que não teria sido visto com bons olhos pela cúpula de Jacarezinho.

A notícia dividiu opiniões entre os brazenses. De um lado, há quem diga que o padre não deveria ter se envolvido com as manifestações políticas e, de outro, fiéis que se revoltaram com a decisão e que defendem o direito do padre abençoar as pessoas.

Ainda na quarta-feira, circulou pelas redes sociais mensagens de apoio ao padre e a mobilização de um abaixo assinado para que ele volte a suas atividades.

 

Postar um comentário

0 Comentários