R$ 4 mil a mais: Deputados estaduais devem aumentar salário para R$ 29 mil

PARCEIROS DO SITE


 

R$ 4 mil a mais: Deputados estaduais devem aumentar salário para R$ 29 mil

 

R$ 4 mil a mais: Deputados estaduais devem aumentar salário para R$ 29 mil 

Os deputados estaduais do Paraná pretendem votar o aumento dos seus próprios salários na próxima semana. Atualmente, ele está em R$ 25 mil brutos. Se for aprovado como está sendo planejado, o provento pode chegar a R$ 29 mil. A votação deverá ocorrer de uma forma tão polêmica quanto o assunto: será online, modalidade aprovada pelos deputados nesta terça-feira (13).

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Ademar Traiano (PSD), explicou que, pela Constituição Federal, o aumento dos salários no legislativo estadual só pode ocorrer se os deputados federais aumentarem seus salários em Brasília. E essa votação deve ocorreu na próxima semana na Câmara Federal.

Após a votação em Brasília, a sessão na Alep já está agendada para a quinta-feira (22/12) da próxima semana no Paraná. “Há oito anos não fazemos reposição de salários. E precisamos reajustar os proventos dos servidores da Alep”, justificou Traiano, explicando que os pagamentos dos trabalhadores da Assembleia também estão vinculado ao aumento dos salários dos deputados.

Como é o cálculo do salário de um deputado estadual?

Por lei, o salário do deputado estadual é definido pelo salário do deputado federal. Ou seja, o estadual recebe 75% do provento de um federal.

Atualmente, um deputado federal recebe, bruto, R$ 33.763,00 e o estadual ganha R$ 25.322,25. Com os descontos de INSS e imposto de renda retido na fonte, o estadual tem, líquido, R$ 18.679,55.

Com o projeto que tramita na Câmara Federal e que será votado na semana que vem, o salário bruto do deputado federal deverá subir para R$ 39 mil. Com base neste valor, Traiano calcula que o salário do deputado estadual alcançará, bruto, os R$ 29 mil, ou seja, R$ 4 mil a mais do que recebem hoje. Com os descontos, o provento poderá ser de R$ 21 mil.

Se aprovados, os novos salários passam a valer já a partir de 2023.

 

Postar um comentário

0 Comentários