Assassino de colégio em Cambé é encontrado morto na prisão

PARCEIROS DO SITE


 

Assassino de colégio em Cambé é encontrado morto na prisão

 

Criminoso estava preso na Casa de Custódia de Londrina desde segunda-feira (19). 

Informações preliminares dão conta que o atirador foi encontrado pendurado em uma corda. A Polícia trabalha com a hipótese de suicídio.  

O assassino, de 21 anos, que matou dois estudantes no Colégio Estadual Professora Helena Kolody, em Cambé, norte do estado, foi encontrado morto na Casa de Custódia de Londrina na noite de terça-feira (20), segundo a Secretaria da Segurança Pública do Paraná (Sesp). 

A causa da morte não havia sido divulgada até a última atualização desta reportagem. 

O assassino invadiu uma escola em Cambé na segunda-feira (19). Na ação, ele matou a aluna Karoline Verri Alves, de 17 anos, que morreu baleada na cabeça. Outro aluno, Luan Augusto, de 16 anos, foi baleado na cabeça e morreu no hospital. 

O criminoso estava preso desde segunda-feira (19) em Londrina. Segundo a Secretaria de Segurança, ele era esquizofrênico e que faz tratamento para a doença. 

Investigação

Além do assassino, a Polícia Civil prendeu outro homem de 21 anos suspeito de ajudar a organizar o episódio que terminou na morte dos dois estudantes. Ele foi preso na noite de segunda-feira 19.

De acordo com a polícia, um adolescente de 13 anos foi conduzido até a delegacia, ouvido e liberado.

Com informações do Portal G1. 

Postar um comentário

0 Comentários