Assassino diz que não conhecia vítimas baleadas em colégio de Cambé no Paraná

PARCEIROS DO SITE


 

Assassino diz que não conhecia vítimas baleadas em colégio de Cambé no Paraná

 

O secretário de Segurança Pública do Paraná, Hudson Teixeira, disse nesta segunda-feira (19) que o atirador de 21 anos que matou uma aluna no Colégio Estadual Professora Helena Kolody, em Cambé, norte do estado, não conhecia a estudante e o namorado dela, que também foi baleado.

A declaração foi dada pelo assassino em depoimento à Polícia Civil.

“Ele afirmou que não tinha qualquer vínculo com o casal, que não conhecia eles”, afirmou o secretário. O atirado está preso.

Segundo a Polícia Militar, Karoline Verri Alves foi baleada na cabeça, mesma situação que o namorado dela, Luan Augusto. Ele foi socorrido em estado grave ao Hospital Universitário (HU) de Londrina, onde está internado em estado gravíssimo.

Ainda nesta segunda-feira, de acordo com o hospital, o rapaz passará por uma cirurgia.

As aulas nas redes municipal e estadual de ensino em Cambé foram suspensas.

Segundo Teixeira, o rapaz atirou no corredor do colégio e foi até o local em que as vítimas participavam de uma aula de Educação Física.

Após os disparos, a polícia foi chamada perto de 9h20 e prendeu o rapaz. Na casa dele, policiais encontraram uma machadinha, carregadores de revólver e o armamento usado.

Além da arma, foram apreendidos na casa do atirador um caderno com anotações sobre ataques em escolas, incluindo o registrado em Suzano (SP). (Rádio Web CP com conteúdo de Rafael Machado e Kathulin Tanan, g1 PR e RPC Londrina

Postar um comentário

0 Comentários