Engavetamento envolvendo mais de 30 veículos em rodovia do Paraná deixa 5 mortos

PARCEIROS DO SITE


 

Engavetamento envolvendo mais de 30 veículos em rodovia do Paraná deixa 5 mortos

 

PCPR instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato
PCPR instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias do fatoImagens cedidas pelo Portal Campo Alegre Notícias

Ao menos cinco pessoas morreram neste sábado (2), por volta das 14h30, em um engavetamento envolvendo mais de 30 veículos em uma rodovia do Paraná. No momento do acidente, chovia muito e há registro de muita neblina.

Segundo a Polícia Civil do Paraná, a ocorrência ocupa aproximadamente 500 metros de extensão e dois veículos estavam em chamas.

O acidente aconteceu na BR-277, na altura do km 136, em Balsa Nova (PR).O órgão informou que auxiliou na gestão dos vestígios no local do acidente e na retirada das vítimas fatais. Os trabalhos finalizaram por volta das 7h da manhã deste domingo (3).

As vítimas foram encaminhadas à Unidade da Polícia Científica de Curitiba, onde realizam, neste momento, todos os procedimentos periciais necessários, como exame de necropsia e exames complementares, para que os corpos fossem liberados.

Por questões de segurança e respeito com os familiares das vítimas, o acesso à Unidade da Polícia Científica será restrito às famílias.

A PCPR instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias do fato. Papiloscopistas foram acionados de imediato para fazer a identificação dos corpos através da coleta necropapiloscópica.

A identificação está sendo feita a partir da coleta e confronto de digitais. “A PCPR segue realizando todas as diligências cabíveis a fim de estabelecer a dinâmica do fato”, informou a instituição em nota.

A rodovia permanece interditada no sentido Ponta Grossa (PR). No sentido Curitiba (PR) não há interdição, porém o trânsito está com lentidão.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, Criminalística, Instituto Médico Legal (IML), Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Guarda Municipal de Campo Largo participam do atendimento.

Por ora, ainda não se sabem as causas do acidente. Elas serão apontadas após a realização de perícia da PRF e Polícia Científica.

Segundo a PRF, ainda não há previsão para a liberação da rodovia.

Postar um comentário

0 Comentários