Justiça cumpre mandados de prisão e apreensão em municípios da região, inclusive, Cornélio Procópio

PARCEIROS DO SITE


 

Justiça cumpre mandados de prisão e apreensão em municípios da região, inclusive, Cornélio Procópio

 

As Promotorias de Justiça de Bandeirantes e o Núcleo de Londrina do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, com apoio do 18º Batalhão de Polícia Militar e do Setor de Operações Especiais da Polícia Penal do Paraná, cumpriram nesta terça-feira, 17 de outubro, 19 mandados de prisão temporária e 25 de busca e apreensão em Bandeirantes, Andirá, Rolândia, Cornélio Procópio e Londrina, no Norte paranaense, e em uma penitenciária de Presidente Venceslau (SP).

As ordens judiciais foram expedidas pelo Juízo da Vara Criminal de Bandeirantes. Entre os endereços em que foram cumpridos os mandados estão as cadeias públicas de Bandeirantes e Cornélio Procópio e três presídios: Penitenciária Presidente Venceslau II, Penitenciária Estadual de Londrina – I e Penitenciária Estadual de Londrina – III. Dos 19 mandados de prisão, sete referem-se a pessoas já presas.

As investigações começaram em 2022, para apurar a prática dos crimes de organização criminosa, associação para o tráfico, tráfico de drogas, usura, fábrico ou adulteração de bebidas alcoólicas, furtos e posse irregular de armas de fogo, entre outros.

Verificou-se a existência de uma célula de organização criminosa em Bandeirantes e região, cujos membros integrariam subnúcleos autônomos voltados ao tráfico ilícito de drogas e outros crimes.

Postar um comentário

0 Comentários